Área Médica
Atendimento online via chat exclusivo para médicos
Fale Conosco
Rua Santa Clara, 240
Sorocaba/SP
TEL: (15) 3233-7925 / 3231-1614
contato@arteformulas.com.br

Notícias

Suporte Nutracêutico na cicatrização das feridas

Uma cicatrização bem sucedida exige adequado suporte de sangue e nutrientes fornecidos para o local do dano e a saúde geral e o estado nutricional do paciente influencia no resultado a cicatrização do tecido danificado. Assim, como a cicatrização de feridas envolve uma grande atividade celular, a qual intensifica a demanda de nutrientes, a deficiência nutricional do paciente pode aumentar o período de cicatrização.

Nutrientes Importantes na cicatrização de feridas

A cicatrização de feridas, tanto cirúrgicas quanto acidentais, envolve uma série de interações complexas entre os diferentes tipos de células, mediadores de citocina e a matriz extracelular. As fases da cicatrização de feridas normalmente incluem hemostasia, inflamação, proliferação e remodelação. Cada fase da cicatrização de feridas é distinta, embora esse processo de cicatrização de feridas seja contínuo, com cada fase sobrepondo a seguinte.

Fase 1- Hemostasia

Substâncias com efeito na coagulação sanguínea devem ser evitadas antes da cirurgia.

Fase 2 – Inflamação

Vitamina A- melhora a fase inflamatória precoce, Bromelina e ingestão adequada de proteínas- evitam o prolongamento da fase inflamatória;

Vitamina C- melhora migração de neutrófilos e a transformação dos linfócitos.

Fase 3- Proliferação

Vitamina C- necessária para a síntese de colágeno, Glucosamina- aumenta a produção de ácido hialurônico, Vitamina A- promove a diferenciação de células epiteliais; Zinco- necessário para a síntese de DNA, divisão celular e síntese de proteínas.

Fase 4- Remodelação

Deficiência de proteína inibe remodelação da ferida.

Comprovações cientificas dos principais nutrientes utilizados na suplementação Pré e Pós- Cirúrgica

Vitamina A

A vitamina A é necessária para a formação óssea e epitelial, diferenciação celular e função imune. Há evidencias substanciais que suportam o uso de Vitamina A como suplemento nutricional pré-operatório, pois além de facilitar o reparo de férias fisiológicas normais, a vitamina A tem mostrado inverter a inibição cicatrização de feridas, induzida por corticosteroides.

Zinco

Aproximadamente 300 enzimas requerem zinco para suas atividades. O zinco é um mineral essencial para a síntese de DNA, divisão celular e síntese proteica, e em todos os processos necessários para a regeneração e reparação dos tecidos.

Suplementação de zinco no pré-operatório é recomendada para pacientes com depleção de zinco. Estudos sugerem perda de zinco em quantidades significativas após a cirurgia, devido às fistulas, estresses e diarreia. A suplementação de zinco pré-operatória se justifica pela ausência de efeitos adversos em doses moderadas e pelas provas que a deficiência de zinco prejudica a cicatrização de feridas.

Vitamina E

A vitamina E é um antioxidante lipossolúvel importante na pele, no entanto, o efeito da Vitamina E em feridas cirúrgicas é inconclusivo.

Vitamina C

A vitamina C é necessária para a formação de colágeno, função imunológica adequada e como antioxidante tecidual. A deficiência de ácido ascórbico causa fibras de colágeno anormais e alterações da matriz intracelular que se manifestam como lesões cutâneas, fraca adesão de células do endotélio e diminuição da força de tração de tecido fibroso.

Bromelina

A bromelina, quando utilizada no pós-cirúrgico, auxilia na redução do edema, do insulto, da dor e do tempo de cicatrização. A administração da bromelina oral deve ser suspensa ou usada com cautela no período pré-cirúrgico devido à ação desta sobre as plaquetas.

Glucosamina

A glucosamina parece ser o substrato limitador para a produção de ácido hialurônico na ferida. A administração oral de glucosamina tanto antes como nos primeiros dias após a cirurgia ou trauma, pode aumentar a produção de ácido hialurônico na ferida, promover cura mais rápida e, possivelmente, promover menos complicações relacionadas à cicatrização.

FONTE: Consulfarma IN