Área Médica
Atendimento online via chat exclusivo para médicos
Fale Conosco
Rua Santa Clara, 240
Sorocaba/SP
TEL: (15) 3233-7925 / 3231-1614
contato@arteformulas.com.br

Dicas de Saúde

Exposição solar e radiação ultravioleta

Qual é a composição da radiação solar?
A radiação solar compreende um espectro de luz extremante amplo. Vamos abordar apenas a radiação infravermelha (IV) e a porção que compreende o espectro de luz biológico, que corresponde à radiação ultravioleta e a luz visível. A radiação ultravioleta (UVR) apresenta um comprimento de inda que varia entre 200 nm e 400 nm (nanômetro, unidade de medida de comprimento de onda), e a luz visível (violeta, azul, verde a amarela, alaranja e vermelha) entre 400 nm e 760 nm. A UVR é dividida em UVC de 200 nm a 290 nm, UVB de 290 nm a 320 nm, e UVA de 320 nm  a 400 nm. 

Que fatores influenciam na quantidade de UVR recebida por cada indivíduo? 
A UVC é totalmente bloqueada pela camada de ozônio, por nuvens, vapores de agua, poeira e poluição, não atingindo a superfície terrestre,
A UVB representa 0,5% do espectro da luz solar, atinge a superfície terrestre ao longo do dia inteiro, porém, tem intensidade máxima ao meio dia. A quantidade de UVB recebida sofre influência de fatores como a altitude, a latitude e a estação do ano. Quanto maior a altitude, maior a quantidade de UVB; a 1500 m acima do nível do mar, recebemos 20% a mais UVB. Quanto maior a altitude, maior a quantidade de UVB; recebida; sendo também mais intensa durante o verão e menos intensa no inverno.
A UVA está presente durante o dia (enquanto houver luz visível) e o ano inteiro. Constitui 55 do espectro de luz solar, e é relativamente inalterada pela altitude e condições atmosféricas. 
Ao contrário da UVA, a UVB não atravessa os vidros, penetra profundamente na pele (atinge a derme0 causando um dano indireto no DNA (material genético) através da formação de radicais livres. 
A radiação infravermelha (IV) esta relacionada com a sensação de calor. É bloqueada pela agua e pelo vapor de agua, diminuindo muito a sensação de calor quando o sol atravessa as nuvens e reduzindo, consequentemente, um dos sinais de alerta do organismo com relação á queimadura solar. Nos dias nublados, mesmo quando não há uma sensação intensa de calor (“mormaço”), ocorre a passagem de radiação UVA e UVB.
Não recebemos apenas a radiação solar direta, existe também a radiação recebida pela luz solar dispersa e refletida. A areia e superfícies brancas são bons refletores, podendo atingir índices de reflexão de 90% como, por exemplo, a neve. A água reflete apenas 5%, mas funciona como uma lente, com a UVR atingindo a porção corpórea submersa, motivo pelo qual submerso não significa estar protegido do sol. 

Quais são os medicamentos de proteção da pele contra a radiação ultravioleta?
O organismo apresenta alguns mecanismos intrínsecos de proteção contra a UVR: espessamento do estrato córneo (camada mais profunda da pele), responsável pela reflexão da UVR e a produção de melanina (pigmento responsável pelo aspecto bronzeado da pele), que promove reflexão e absorção da UVR. 

Como utilizar o filtro solar?
A aplicação do filtro deve acontecer 30 minutos antes da exposição solar, em toda a superfície corpórea, e a reaplicação, após 30 minutos. Suor intenso, mergulhos na água e atrito da pele em areia ou toalha são motivos de nova aplicação do protetor solar. A quantidade de produto aplicado deve ser o equivalente a 2mg por cm2, o mesmo que 1 tudo por dia para uma família de 4 pessoas adultas.
Filtros solares resistentes à água permitem um período de submersão de 40 minutos; e a prova d’agua, de 80 minutos. A escolha do filtro adequado depende do tipo de pele do indivíduo e se há algum tipo de sensibilidade ao sol. De forma genérica indica-se um filtro solar com fator de proteção solar pelo menos de 15, que confere um índice de proteção UVB de 955. Deve-se utilizar sempre um filtro solar com amplo espectro, ou seja, que também confira uma proteção extensa para UVA. A utilização de protetores solares deve ser diária, pois a radiação UV que não causa eritema (vermelhidão) é responsável pela foto envelhecimento e tem efeito cumulativo. 

A foto proteção externa é feita com uso de cremes foto protetores, de roupas, chapéus e óculos de sol.
 
O uso de filtro solar com fator de proteção elevado pode oferecer uma falsa sensação de segurança, gerando uma exposição mais prolongada e prejudicial. Evite queimaduras solares.

Procure regularmente o dermatologista para realização de exames que auxiliam na prevenção e tratamento precoce de câncer de pele. 


Fonte: 
• SAUDE - ENTENDENDO AS DOENÇAS, KAUFFMAN, PAUL, HELITO, ALFREDO SALIM DE, Ano:  2007. Editora: NOBEL