Área Médica
Atendimento online via chat exclusivo para médicos
Fale Conosco
Rua Santa Clara, 240
Sorocaba/SP
TEL: (15) 3233-7925 / 3231-1614
contato@arteformulas.com.br

Dicas de Saúde

Mudança de comportamento infantil sinaliza que há algo errado

Medo excessivo, agressividade, ficar calado demais e recusar alimentos são atitudes que podem indicar que algo não está bem com a criança. O problema é que esse tipo de mudança de comportamento pode passar despercebido se os pais não estiverem atentos.

Causas de mudança de comportamento infantil

Há vários fatores que podem provocar mudanças no comportamento das crianças

Comida:

Segundo um estudo da University of Califórnia San Diego, dos Estados Unidos, o comportamento dos cuidadores e o temperamento das crianças influenciam a relação com os alimentos. Assim, pais que permitem que o bebê determine quando se alimentar e a quantidade de alimentos que deseja ingerir ajudam a desenvolver autorregulação e segurança.

Ainda de acordo com a pesquisa, problemas alimentares transitórios afetam de 25%a 35% das crianças, já os problemas crônicos afetam entre 1% a 2%. O levantamento ressalta que os problemas alimentares mais comuns são comer demais e comer mal.

Medo do escuro:

O medo de escuro é normal nos primeiros anos de vida, o problema está quando esse medo passa a impedir a criança de dormir e realizar outras atividades anos mais tarde. Quando esse tipo de medo se prolonga e passa a ficar mais intenso, vale atenção para que o problema não se transforme em transtorno de ansiedade.

Depressão infantil

Segundo artigo de Miriam Cruvinel e Evely Bouchovitch, da Universidade de Campinas, a depressão é considerada um transtorno de humor, que quando ocorre na infância, pode desencadear problemas escolares, como dificuldades de aprendizagem e de comportamento, como isolamento ou agitação.

Os sinais de depressão infantil podem variar de acordo com a idade da criança. O ideal é que os pais busquem apoio especializado caso sintomas como apatia durem por pelo menos duas semanas consecutivas.

Problemas familiares:

De acordo com a Cartilha de Alienação Parental, disponibilizada pelo Poder Judiciário do Estado de Mato Grosso, a utilização dos filhos para se vingar do ex-cônjuge pode gerar mudança de comportamento na criança e interferir no seu desempenho escolar.

Como encarar as mudanças de comportamento

Atividades lúdicas são uma das melhores opções para aquelas crianças que estão sofrendo com algum tipo de tristeza ou estão com dificuldade para verbalizar os acontecimentos e sofrimentos. Conversar com seu filho de maneira carinhosa, demonstrando atenção ao que ele fala, também ajuda a enfrentar as mudanças de comportamento.

É recomendado ainda procurar ajuda de um profissional da área de psicologia, para que uma ánalise mais detalhada possa mapear os reais motivos que levaram à alteração. Levar a criança para fazer exames laboratoriais também é essencial para identificar deficiências minerais devido à má alimentação, por exemplo.

Fonte: Terra saúde